Seja bem vindo!!

Amigo, o CLAN [COBRA] Quer saber quem é você, cadastrar-se ou faça seu logn
Top dos mais postadores
COBRA KABANNA (1004)
 
COBRA PORCO ARANHA (383)
 
COBRA KAMPAS (380)
 
COBRA REVOLTED (334)
 
COBRA JAMAIKO (265)
 
COBRA LAMPIAO (159)
 
COBRA LOST (140)
 
COBRA FIDKID (104)
 
KMILO (104)
 
Admin (88)
 

Quem está conectado
2 usuários online :: Nenhum usuário registrado, Nenhum Invisível e 2 Visitantes

Nenhum

[ Ver toda a lista ]


O recorde de usuários online foi de 33 em Qui 25 Ago - 15:54

Liminar da 3ª Vara Cível de Barueri proibe venda de expansão de "GTA IV" no mundo.

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

18102010

Mensagem 

Liminar da 3ª Vara Cível de Barueri proibe venda de expansão de "GTA IV" no mundo.




A assessoria de imprensa do escritório Mello Advogados anunciou nesta segunda-feira (18) que uma liminar expedida pela 3ª Vara Cível de Barueri definiu que a Rockstar Games Inc. e a Synergex do Brasil estão impedidas de comercializar e distribuir em todo o mundo o disco de expansão "Episodes From Liberty City", de "Grand Theft Auto IV", para PlayStation 3, Xbox 360 e PC.

O motivo alegado é o uso indevido do funk "Bota o dedinho pro Alto", interpretada pelo menor de idade MC Miltinho e composta pelo pai dele, Hamilton Lourenço, presente na expansão "Ballad of Gay Tony". Além da proibição de comercialização do game, o compositor e o filho pedem também indenização material e moral no valor de R$ 500 mil.

Segundo o comunicado, a Rockstar chegou a apresentar um documento que autorizaria o uso da canção no jogo, mas assinatura não confere com a dos autores da ação.

Tanto a Synergex do Brasil quanto a IDG, que representa a Rockstar Games no país, foram comunicadas sobre a decisão. Aliás, a Synergex diz que sequer tem peças de "Episodes From Liberty City" no estoque.

Leia a íntegra o despacho proferido pela 3ª Vara Cível de Barueri:

Despacho ProferidoFls. 115/117: vistos. Melhor analisando os autos, observo que a obra musical utilizada no repertório da trilha sonora do jogo "Gand Theft Auto IV" intitulada "Bota o Dedinho pro Alto", conforme se verifica a fls. 54, é de propriedade do Co-Autor Hamilton (fls. 37/42). A assinatura do documento denominado concessão de direito não foi reconhecida pelo Autor (fls. 79 e 104), razão pela qual, DEFIRO "in audita altera pars" a antecipação da tutela pleiteada. Portanto, determino que a Ré Rockstar Games se abstenha da veiculação do jogo em testilha, versão "Episodes From Liberty City", recolhendo os exemplares distribuídos ao redor do mundo; bem como que a Co-Ré Synerges do Brasil se abstenha de distribuí-lo em território nacional, retirando do mercado a aludida mídia, no prazo de 48 (quarenta e oito) horas, sob pena de multa diária de R$ 5.000,00 (cinco mil reais). Expeçam-se carta rogatória e mandado para citação e intimação das Rés, conforme determinado a fls. 112. Sem prejuízo, esclareça a Escrevente responsável pelo cumprimento do processo, acerca das reclamações de fls. 116, no prazo de 48 horas. Int.

Segundo o advogador Thiago Jabur, um dos representantes de Hamilton no caso, a 3ª Vara Civil de Barueri possui sim poderes internacionais, por meio de uma intimação rogatória que obriga a empresa intimada a, em tese, cumprir a liminar.

O advogado ainda explica que a Rockstar e a Synergex ainda não foram informadas oficialmente sobre a decisão, mas que até a semana que vem receberão suas intimações. Outro ponto importante esclarecido por Thiago é que se trata de uma determinação de cunho genérico, portanto a proibição vale tanto para a versão em disco de "Ballad of Gay Tony" quanto as edições vendidas e distribuídas por download.

Problemas com gravadora

Segundo reportagem publicada pelo site O Dia, no dia 30 de março, a música chegou à Rockstar com o nome de "Kid Conga" por meio da gravadora alemã Man Recordings, que teria também distribuído a música como toque de celular para uma operadora chilena.

Contudo, à época, o compositor Hamilton afirma não ter assinado contrato com a gravadora. A empresa chegou a entrar em contato, fazendo proposta e definindo uma data para assinar o documento, mas no dia combinado o representante da Man Recordings pediu apenas para filmar o menino dançando e cantando.

A equipe de UOL Jogos está apurando as informações e entrando em contato com os envolvidos no caso para esclarecer a situação.

fonte: http://jogos.uol.com.br/pc/ultnot/2010/10/18/ult530u8459.jhtm

COBRA KAMPAS
Prestige-8
Prestige-8

Mensagens : 380
Pontuação Pontuação : 4247
Prestígio Prestígio : 151
Nascimento : 07/06/1980
Inscrição : 13/03/2010
Cidade Cidade : São Paulo
Humor Humor : Não tenho

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

- Tópicos similares
Compartilhar este artigo em: BookmarksDiggRedditDel.icio.usGoogleLiveSlashdotNetscapeTechnoratiStumbleUponNewsvineFurlYahoo!Smarking

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum